SAUDADE METAFÍSICA

 

 

Rodolfo Domenico Pizzinga

 

Música de fundo: Unchained Melody
(Hy Zaret e Alex North)

Fonte:
http://www.geocities.com/CapeCanaveral/Galaxy/1868/midi.html

 

Assista primeiro a este pequeno *pps (122 kb) e depois conversaremos em forma de um poema. Clique

AQUI.

 

SAUDADE METAFÍSICA

 

Flor da Saudade

 

Será que existe mesmo solidão?

É possível, pois muitos reclamam.

Mas, não será a solidão

Uma 'doença' dos que não amam?

 

 

Solidão é uma coisa;

Saudade metafísica, coisa bem diferente.

Mas, se a cabeça apenas poisa...

A vida será solitária e indolente.

 

 

O macete para não sentir solidão

É ver no outro um irmão.

Nunca um inopinado rival.

 

 

Entretanto, a metafísica saudade

É, como que, uma espécie de diafaneidade.

 

 

Se você quiser recordar o mais Profundo e Sagrado Grito de Saudade Metafísica já registrado, aponte o mouse, acima, para a última frase do poema: Não é nem dimensional nem adimensional.

 

 

Websites Consultados:

http://psipax.blogs.sapo.pt/arquivo/2004_05.html

http://moriana.blogspot.com/

http://www.mujeractual.com/belleza/maquillaje/curso_cejas.html

http://www.dfg.ca.gov/mrd/images/xantus_baby.jpg