PARA MEDITAR

 

Rodolfo Domenico Pizzinga

 

 

 

 

 

Uma coisa é pensar saber;

Outra é realmente SABER.

1

 

Tudo se pode querer,

Mas nem tudo se pode QUERER!

2

 

Quem for capaz de tudo suportar

Tem o direito de tudo OUSAR.

3

 

Ninguém se prejudicará por CALAR;

Mas poderá se prejudicar por falar.

4

 

 

 

______

Notas

1. Há verdadeiramente, duas coisas diferentes: saber e crer que se sabe. A Ciência consiste em saber; em crer que se sabe está a ignorância. (Hipócrates, século V a. C. – século IV a. C., Aforismos.). O Juramento de Hipócrates (médico grego considerado o Pai da Medicina) simplificado é:

Prometo que, ao exercer a arte de curar, mostrar-me-ei sempre fiel aos preceitos da honestidade, da caridade e da ciência.
Penetrando no interior dos lares, meus olhos serão cegos e minha língua calará os segredos que me forem revelados, o que terei como preceito de honra.
Nunca me servirei da minha profissão para corromper os costumes ou favorecer o crime.
Se eu cumprir este juramento com fidelidade, goze eu, para sempre, a minha vida e a minha arte com boa reputação entre os homens.
Se o infringir ou dele me afastar, suceda-me o contrário.

2. Quem não pode o que quer, queira o que pode. (Leonardo Da Vinci, 1452 - 1519, apud Ortega y Gasset em O Livro das Missões).

3. Quem sabe suportar tudo, pode ousar tudo. (Luc de Clapiers, Marquês de Vauvenargues, 1715 - 1747, Reflexões e Máximas.).

4. Ninguém se prejudicou por haver calado, mas, sim, por haver falado. (Dionísio Catão, século III d. C., Dísticos). Também são de Dionísio as sentenças: a) Usa o dinheiro que ganhaste. Evita a fama de avarento. De que te servirão as riquezas, se tu permaneceres sempre pobre na abundância? b) Se vives honestamente, não te preocupes com as palavras dos maldizentes. c) Cumpre o teu dever, aconteça o que acontecer.

 

 

 

 

Música de fundo:
Colors of the Wind (Vanessa Williams)

Fonte:
http://www.geocities.com/westhollywood/stonewall/1116/midi.html