Rodolfo Domenico Pizzinga

Música de fundo: Love Her Madly (The Doors)

Fonte: http://usuarios.lycos.es/los60/midis.html

 

O que seria da música popular

Se muitos amores não dessem certo?

Mas ninguém pode viver sem amar

— Isso é muito mais do que certo!

 

 

O que seria do extranatural

Se não existisse a apocópica fé?

Tudo, então, seria muito natural

— E ninguém seria pego no contrapé!

 

 

As preferências pelo obscuro

Têm suas origem no escuro

— E só serão transmutadas pela  

 

 

Tanto a ignorância quanto as paixões

Fermentam em meio às nossas ilusões

— Porque insistimos em viver de forma patética.

 

 

 

 

 

OBSERVAÇÃO: mais uma vez me esqueci de anotar os websites de onde retirei as imagens para preparar as animações. Portanto, os detentores dos direitos autorais dessas fotografias, com muito prazer, são co-autores neste poema.