A Água é um Reflexo
do seu Coração e da sua Alma

 

Cristal de Água

 

Uma colaboração de

Rodolfo Domenico Pizzinga


Fiz pequenas edições no Comunicado e acrescentei algumas fotografias e animações que não constavam do e-mail que continha esta mensagem. No final apresento minha Oração à Água. Há algum tempo preparei um texto sobre a água – Água, Ímã da Vida (Algumas Propriedades Terapêuticas da Água e Alguns Exercícios Místicos) – que pode ser lido em

http://svmmvmbonvm.org/livrariaos+b/index.htm

ou em

http://paxprofundis.org/livros/agua/agua.html

 

 

Música de fundo: I Thought About You
(Johnny Mercer & Jimmy Van Heusen)

Fonte: http://home.wanadoo.nl/dougmckenzie/

 

Mensagem de Masaru Emoto

 

Masaru Emoto

 

7 de Setembro de 2005

Queridos Amigos:

 

Da parte do Dr. Masaru Emoto, Presidente do Projeto de Amor e Gratidão à Água, e como Secretário-Geral, estou enviando esse e-mail em seu nome. Como bem sabem, o Furacão Katrina fulminou a parte sul dos Estados Unidos, incluindo a Louisiana e o Mississippi, e se acredita que este furacão matou milhares de pessoas e deixou sem lar a mais de um milhão. Masaru Emoto, Presidente deste Projeto, tem uma mensagem especial para vocês à respeito desse enorme furacão. Ainda que só encontrarão o texto mais abaixo, poderão vê-lo com algumas fotografias no seguinte site de Internet:

Uma Mensagem Para Todos
os “Amigos da Água” no Mundo

 

 

Meu pensamento à respeito do Furacão Katrina:

Devemos aprender mais sobre a água.

Enquanto escrevo esta mensagem, hoje, 4 de Setembro de 2005 (hora do Japão), as seqüelas do Furacão Katrina se agravaram, e agora se prediz que o Katrina pode ter tirado 10.000 vidas. Envio meus pensamentos e preces a todos os afetados. Além disso, para aqueles de vocês que estão lutando diariamente com a ameaça de morte, desejaria lhes enviar meu encorajamento: Por favor, tenham paciência, todos vocês serão salvos, todos vocês americanos.

O tsunami que atacou a costa ao longo do Oceano Índico no fim do ano passado, seguido do maior terremoto que já golpeou a Indonésia, foi uma catástrofe imprevisível. Para as pessoas do mundo desenvolvido, as notícias a respeito desta crise foram um triste acontecimento em um longínquo país em vias de desenvolvimento.

Entretanto, o Furacão Katrina foi algo que foi previsto e, ainda assim, terminou sendo uma enorme catástrofe - no século 21 - onde todo o avanço tecnológico parecia ter alcançado seu ponto máximo e em um país desenvolvido como os Estados Unidos.

Os dois principais desastres naturais mencionados acima ocorreram em um país desenvolvido e em outro em vias de desenvolvimento: em extremos distintos do espectro e sob circunstâncias previsíveis e imprevisíveis. Entretanto, a razão para toda a morte que ocorreu nestas duas instâncias foi a mesma: a água.

Acredito que o que se pode dizer, é que tanto em um país desenvolvido ou em outro em vias de desenvolvimento, quer seja previsível ou não, nós, como um todo, estamos terrivelmente mal equipados para encarar este tipo de situação de emergência. Eu investiguei a causa disto e como poderemos prevenir a recorrência de semelhantes tragédias. Eu gostaria de compartilhar estes pensamentos com vocês aqui.

No jornal japonês, Yomiuri Shinbum (um jornal que tem uma circulação de mais de 10 milhões de exemplares e é o maior do mundo), o seguinte artigo foi reportado em 30 de Dezembro de 2004:


http://www.thank-water.net/image/2005-09-04/flood-after.jpg

Copyright (c) DigitalGlobe/Hitachi Software

 

Para minha surpresa, na fotografia aérea do tsunami que atacou a costa do Sri Lanka que acompanha este artigo, quando olhada atentamente, pode-se ver uma figura claramente similar a um dragão entre as ondas.

 

 

O título do artigo: A Fúria do Deus Dragão. No Japão, os dragões têm sido venerados como o Deus da Água. Em outras palavras: este artigo está expressando a ironia de que a tragédia que se abateu sobre a costa da Indonésia em 26 de Dezembro foi o resultado da cólera do Deus da Água — o dragão expressando a sua cólera.

Entretanto, como investigador da água, senti que essa expressão era completamente justificada. O que quero dizer com isto é que a água é essencial para sustentar a vida, entretanto, durante quanto tempo, nós os humanos, ignoramos à água? Resposta: Sempre. E não sabemos nada dela. Não acredito que seja exagerado dizer que as pessoas são realmente “ignorantes” quando se trata da água.

Algumas das perguntas são do tipo: Por que não posso sobreviver um só dia sem me privar da água? Por que o gelo flutua na água? Por que existem coisas tais como a tensão superficial e o fenômeno capilar? Por que a água é mais pesada quando a temperatura está a 39.2º F (equivalente a 4º C)? Como a água pode dissolver qualquer coisa? Como a água pode mudar seu estado alternadamente da forma sólida para a líquida e a gasosa? Embora estas perguntas possam ser respondidas cientificamente, a raiz do mistério ainda não se revelou de forma adequada.

 

 

Falando de humanos, todos somos compostos principalmente de água. Quando somos só um minúsculo ovo fertilizado, o conteúdo da água é de 96%. Um recém-nascido tem em torno de 80% de água, e na etapa adulta estamos compostos ao redor de 70% de água. Portanto, pode-se dizer que, fisicamente falando, somos principalmente água. [Se quisermos brincar poderemos dizer que somos água em pé.].

 

 

Apesar destes fatos, ainda não sabemos nada sobre a água. Quero dizer com isso que realmente não compreendemos quem somos. Embora já não neguemos o fato de que a água seja a fonte de todas as coisas (como era ensinado pelo filósofo grego Thales há 4.000 anos) e reconheçamos a importância da água, realmente não compreendemos a sua essência.

O dragão – o Deus da Água – provavelmente queira dizer: — Vocês, humanos! Quando vão tentar começar a compreender a essência da água, a sua mãe de nascimento? Contrariamente a isto, tudo o que fazem é não só ignorá-la, mas muito pior: poluem-na! Agora estou furioso!

Como mencionei anteriormente, embora pareça que tecnologicamente falando tehamos alcançado nosso ponto máximo (em desenvolvimento), se não compreendermos a essência da água, podemos dizer isso realmente? A resposta é um claro NÃO.

Então, por que estamos tão atrasados no conhecimento científico em torno da água? É porque não se pode medir a água com os métodos tradicionais de medição. Por que é assim? Em primeiro lugar, o que posso dizer é porque, na realidade, a água não é originária deste Planeta. A NASA e a Universidade do Hawai informaram isto em Maio e Agosto de 1997. Simultaneamente, tanto a Nasa como a equipe da Universidade do Hawai informaram que toda a água da Terra, na verdade, veio do espaço exterior em forma de cometas de gelo.

O tema aqui é que, embora tnhamos sido capazes de obter uma informação tão importante, ninguém faz deduções a partir daí e a toma a sério. Esta informação foi dada faz mais de oito anos; entretanto, até onde eu sei, não houve uma só reunião, de nenhuma espécie, para compreender um pouco mais a importância deste descobrimento. Como é possível? Isto é porque se este descobrimento for aceito, então todas as teorias que foram descobertas pela ciência moderna no passado recente serão nulas. [Penso que aqui haja um certo exagero. A ciência não pode ser anulada de repente. Pode e deve sofrer modificações paulatinas, mas ser anulada é uma impossibilidade.]. Isto particularmente é porque se esta teoria for aceita como um fato, então significa que nós os humanos na realidade viemos do espaço exterior. Mais ainda: isto obriga o nosso pensamento a abandonar os parâmetros da ciência e entrar, então, nos reinos de Deus e em outros raciocínios espirituais, o que é um dos processos de pensamento (ou teorias) mais desprezados pelos cientistas.

Acredito que a atitude dirigida a esta notícia foi ignorá-la por agora e que seja melhor ficar intocada. Portanto, a investigação à respeito da água está passando para o segundo plano, e o conhecimento e as habilidades que são necessárias para combater os desastres naturais que acontecem por todo o Planeta não estão adequadamente desenvolvidos.

Há outra informação pertinente no artigo do jornal que anunciou este descobrimento da NASA. Os cometas de gelo eram de 100 toneladas, e perto de 10 milhões deles colidiam com a Terra à cada ano. Pode ser previsto que isto continuará por um longo tempo, como foi no passado desde o nascimento do planeta Terra.

Se isto for verdade, é um descobrimento notável. No futuro distante, este Planeta estará cheio de água e não restará terra. Nesse caso, haverá mais desastres relacionados com a água em todo o Planeta.

Ao mesmo tempo em que este furacão atacou aos EUA, começou a ocorrer inundações em alguns países europeus que estavam perto do Rio Danúbio. Mais ainda: devido à subida constante do aquecimento global, as geleiras estão se derretendo nos dois pólos, e isto está devorando não só as pequenas ilhas desabitadas, mas também está começando a cobrir algumas das ilhas onde há pessoas vivendo. O que eu posso teorizar é que esta Terra, agora, está fazendo as vezes de uma esponja cheia, e já não pode mais absorver suficiente água para prevenir que haja inundações e outros desastres relacionados com a água. Mais ainda: preocupa-me seriamente que uma parte desta Terra seja consumida realmente pela água e desapareça, como foi o caso dos continentes de Mu e da Atlântida.

Há um ditado no Japão: A água é um reflexo do seu coração e da sua alma. Nos últimos onze anos, estive tirando inumeráveis fotografias da água, e a técnica que utilizei para tirá-las foi desenvolvida em um pequeno negócio familiar sem a maioria dos equipamentos mais modernos. Portanto, no começo, foi um verdadeiro desafio criar um espaço que me conduzisse a tirar essas fotos dos cristais de água. Entretanto, essas pesquisas fizeram com que os investigadores compreendessem a importância do estado emocional dos fotógrafos e do meio-ambiente quando se tiravam as fotos dos cristais. Isto significa que o ditado que apresentei à vocês ao começar este parágrafo é verdadeiro.

Por exemplo, a beleza desses cristais é enormemente diferente quando são tiradas por um fotógrafo que está em paz ou por alguém que está irritado. Sim, foi enviada à água o sentimento de amor e gratidão, e a formação do cristal foi ótima. Por outro lado, formaram-se feios cristais quando o sentimento de você me irrita, eu matarei você, foi enviado à água.

Estou confiante que através dos meus longos anos de investigação, eu tenha compreendido agora que a energia harmoniosa e positiva cria cristais lindos de forma hexagonal e que não faz isso para todas as outras energias negativas.

A água é o reflexo da nosso coração e da nossa alma. Apoiada nesta informação, parece que a população humana está atualmente se questionanda a respeito da sua forma de viver até agora. As pessoas desta época moderna vivem uma vida cotidiana que esteja baseada na completa energia de Amor e Gratidão? A resposta é óbvia: NÃO. Pelo contrário, todos estamos imersos no medo e no ressentimento, e vivemos uma vida que está cheia de gula, de consumo excessivo e de preocupações.

Se é assim, então a água também refletirá isto. Se não nos unirmos e levarmos uma vida plena da energia do Amor e da Gratidão, a água se vingará ainda mais e criará um caos relacionado com ela neste Planeta, e na próxima vez poderá atacar a sua cidade.

Para evitar que esta horrível atrocidade aconteça à vocês, e para oferecer ajuda em resgatar todas as pessoas que atualmente estão sendo intimidadas, há várias coisas que podemos fazer. Essas coisas são: enviar Amor e Gratidão para a água mais próxima; pensar no que a água significa para vocês; compreender que vocês são água; sentir que a água não é só seu pai e sua mãe mas seus irmãos; e se dirigir à água com mais consideração.

Assim, enviemos nossas energias para a água local ou nas cercanias e para toda a água do mundo. Se todos nos unirmos e enviarmos essa energia positiva ao Universo, a fúria do dragão poderá se acalmar por um tempo. Isto é porque acredito que o m (a massa) na equação de energia de Einstein — E = mc2 — representa o número de pessoas e o c equivale à consciência.

Água, nós te amamos.

Água, nós te agradecemos.

Água, nós te respeitamos.

4 de Setembro de 2005.

Masaru Emoto

Yasuyuki Nemoto

 

____________

 

Em 25 de Julho de 2003 foi realizada no Japão e em diversas partes do Mundo a Cerimônia de Amor e Agradecimento à Água. As fotografias abaixo mostram a água antes e depois da cerimônia.

 

Antes
Depois

 

Antes
Depois

 

Antes
Depois

 

MINHA PRECE

 

Água que estás em mim,

Água que estás em todos,

Água que estás em tudo:

Bendita é a tua fórmula triangular;

Bendita é a tua massa molecular
igual a DEZOITO
que se reduz ao NOVE;

Aceita neste momento
meus pensamentos
de PAZ, AMOR e GRATIDÃO;

E distribui esses sentimentos
por toda a Terra.

Paz ao Mundo.

 

 

Água

 

 

Websites Consultados

http://www.unityhealthcare.org/Nephrology.htm

http://www.accs.net/users/kriel/chapter%20seven/

http://pime.inpg.fr/encours.html

http://www.cazurrabit.com/2005/bang/0125.html