EXIGIR E NÃO QUERER

 

 

Rodolfo Domenico Pizzinga

 

Ó Deus! Exijo que cumpras Tuas promessas!

Não quero que nada mais me ocorra às avessas.

Basta de derrotas, angústia e sofrimento.

 

Ó Deus! Protege nossos soldados na guerra

Para que possa haver paz na Terra.

Chega de heresia, apostasia e rastejamento.

 

Não quero ver a vitória do inimigo.

Nós é que temos que vencer, pois sempre fomos fiéis.

Os ímpios é que devem morrer porque são cruéis,

Orgulhosos, apóstatas e pérfidos Contigo.

 

Exijo mais: quero uma vida cheia de bênçãos

E sucesso em todos os meus empreendimentos.

Eu vivo para Te glorificar em todos os momentos,

E todos os meus meus atos são justos e sãos.

 

___________

 

 

RÁPIDAS REFLEXÕES

 

 

Exigir? Não querer? De Deus? O quê?

Esse é o resultado da antropomorfização.

Das coisas só se poderá saber o porquê

Se e quando inexistirem ficção e ilusão.

Temos, sim, que exigir de nós mesmos,

E laborar para que as coisas se tornem realidade;

E não viver como meros estafermos

E representantes-arautos da mais vil boçalidade.

 

 

 

 

 

 

Música de fundo:
Fantasia (
Schumann)

Fonte:
http://www.nextpimp.com/