A INTERCESSÃO DA DUALIDADE1
(All Are One)

 

 

 

Rodolfo Domenico Pizzinga

Música de fundo: AUM
Fonte: http://www.geocities.com/fracmusic/

 

A Cruz simboliza a intercessão da dualidade

Na qual a Rosa simbolicamente haverá de florescer.

A Cruz é o cadinho terreno da transmutabilidade

Que permitirá a cada ser humano (re)Nascer.

 

 

O     Kemético é formado por Luz, Vida e Amor,

Que deve resultar em Liberdade com Responsabilidade.

Mas, enquanto houver permanência desejada da dor,

O homem não terá acesso a esse tipo de Liberdade.

 

 

Só há um Caminho para a Santa Illuminação.

Só há um Caminho para se conquistar a Libertação.

Só há um Caminho efetivo rumo à Eterna Vida.

 

 

Mas, antes de tudo, é necessário haver Humildade,

— E também Caridade, Amor e Fraternidade —

Pois a vida nada mais é do que um reflexo da Vida.

 

 

 

_____

Nota

1. Recomendo a leitura do ensaio Rosicrucian Globalism (Or Mystical Atheism) – que me inspirou a escrever este soneto – de autoria do Frater Vicente Velado, FRC, 7 PhD e Abade da Ordo Svmmvm Bonvm para o Terceiro Mundo no endereço:

 

http://svmmvmbonvm.org/rcglobalism.htm

 

Visite também:

 

http://svmmvmbonvm.org/aum_muh.html